Se agrupados, os motivos de preocupação e angústia com a Igreja nos dias atuais produziriam uma lista mais extensa que as 95 teses expostas por Lutero em 1517. O constrangedor mercantilismo da fé; a frenética busca por pomposos títulos ministeriais; a manipulação da política eclesiástica para satisfações pessoais; o desinteresse pela missão e a intencional […]

Continue lendo →

Critérios, limitações e responsabilidade O plantio de igrejas é a forma mais eficaz e duradoura de perpetuar o Evangelho em uma sociedade local. Se plantar igrejas por um lado é uma ação desejável e escriturística, por outro carece de orientação teológica. Percebo que a má compreensão sobre o assunto está enraizada na má compreensão da […]

Continue lendo →

Relação entre conhecimento e prática na missão Observando o universo cristão sob o ângulo da missão – seja na formalidade de um ministério definido ou na informalidade de um serviço diário – percebe-se claramente a necessidade de equilíbrio entre competência e eficácia. Competência é a capacidade adquirida em alguma área. Isto é, capacidade para aprender […]

Continue lendo →

O deserto é possivelmente uma das mais claras representações da ausência de vida e esperança. Beduínos e Tuaregues – povos do deserto – desenvolveram milenares técnicas de sobrevivência para resistirem à angustiante mistura de sol, calor e areia. Anos atrás, atravessei a parte ocidental do Saara e, apesar de estar acostumado com as temperaturas tropicais, […]

Continue lendo →

LIDÓRIO, Ronaldo. Introdução à Antropologia Missionária. São Paulo: Vida Nova, 2011. 208 p. Mineiro de Nanuque, Ronaldo Lidório nasceu em 1966 em uma família evangélica e engajada no trabalho missionário brasileiro. Aos 18 anos iniciou sua vida acadêmica, teve contato com diversas culturas e se dedicou ao estudo teológico e antropológico aplicado à sua responsabilidade […]

Continue lendo →

A Igreja de Cristo ao redor do mundo é normalmente identificada pela livre comunhão, encontros públicos de adoração, leitura zelosa da Palavra e disposição para proclamar o Evangelho de Deus. Porém, essa não é a realidade de todos, especialmente da chamada Igreja Sofredora. Há muitos que, por seguirem a Cristo, estão sujeitos a diversos tipos […]

Continue lendo →

Repensando nossa funcionalidade eclesiástica Ronaldo Lidório Ao refletir sobre a natureza da Igreja nos confrontamos imediatamente com algumas claras limitações. A primeira seria uma limitação sociológica, na medida de que todos nós, de alguma forma, temos sido influenciados por 2 fatores construtores da presente sociedade, o hedonismo e o narcisismo. Junto a alguns outros, os […]

Continue lendo →

Tive o privilegio de colaborar com algumas equipes missionárias na Asia central nas últimas semanas. Pessoas preciosas partilhando o evangeho de Cristo em um contexto de franca restrição a qualquer ação evangelizadora. Algumas familias habitam áreas do interior, nas montanhas, sem eletricidade e com invernos  que chegam a 30 graus abaixo de zero. A Ásia […]

Continue lendo →

Ronaldo Lidório Uma das principais barreiras para a evangelização não é o ambiente, muitas vezes árido para a comunicação da mensagem, mas o entendimento, por parte da própria Igreja, quanto ao Evangelho. Devido a uma influência secularista, liberal e reducionista na missiologia das últimas décadas, houve uma humanização de conceitos que necessitam de revisão bíblica. […]

Continue lendo →

É difícil expressar o gostoso sentimento ao ver a Igreja indígena e diversos irmãos reunidos nestes dias durante o CONPLEI 2008. Éramos 1.251 pessoas e havia 47 etnias indígenas representadas. Podemos afirmar que foram dias de festa sob a coordenação geral de Henrique Terena e diretoria do Conselho Nacional de Pastores e Líderes Evangélicos Indígenas. […]

Continue lendo →

Gostaria de partilhar sobre a postura bíblica perante o pecado. Usarei Neemias como nossa referência. Neemias é um exemplo de homem que seguiu a visão que o Senhor plantou em seu coração. Seguiu para Jerusalém destruída e desabitada para reconstruí-la . Após lutar contra diversos inimigos, como Sambalá e Tobias que o aterrorizam, enfrentar críticas […]

Continue lendo →

Nestes dias tenho pensado sobre os essenciais da nossa fé. Estou convicto que os periféricos da vida podem facilmente nos desviar de praticarmos um Cristianismo bíblico e simples, fazendo com que nossa atenção, energias, dons e relacionamentos se desgastem nas notas de rodapé de uma religiosidade quase vazia. Há diversos essenciais na vida Cristã. Um […]

Continue lendo →

Hebreus é um dos livros mais fascinantes de toda a Bíblia e nos conduz a crer que a missão da Igreja está fundamentada em Cristo. Este livro fortemente cristocêntrico apresenta Jesus logo no primeiro capítulo como O resplendor da glória, Herdeiro de todas as coisas, Sustentador do universo, Purificador de pecados, Majestoso e Superior aos […]

Continue lendo →

A Presença da Igreja como agente de expansão da Palavra pregada A Reforma Protestante desencadeada com as 95 teses de Lutero divulgadas em 31 de outubro de 1517 foi sobretudo eclesiástica em um momento em que todos os olhares se voltavam para a reestruturação daquilo que a Igreja cria e vivia. Renasceram assim os dogmas […]

Continue lendo →

Uma visão antropológica sobre a prática do infanticídio indígena no Brasil  Neste artigo pretendo abordar o infanticídio indígena como fato social e expor as teorias antropológicas que fundamentam as idéias de apoio e oposição a tal prática no meio acadêmico. Farei uma tentativa de olhar também para o fato em si, do ponto de vista humano, […]

Continue lendo →

Orientações gerais e sugestão de prática de aprendizado Ronaldo Lidorio  Escrevo este texto tendo em mente aqueles que tem pela frente a tarefa de aprender com fluência uma língua local e faria bom uso de algumas orientações gerais bem como de uma proposta de prática de aprendizado. Aprender uma língua é um processo complexo que envolve contato e […]

Continue lendo →